Tumores de mama atingem, em sua maioria, cadelas de meia-idade ou de idade avançada. Existem relatos de raças predispostas a desenvolver a doença, contudo, todas as cadelas têm ao menos 25% de chance de desenvolver algum tipo destes tumores, principalmente as que fazem ou fizeram uso de métodos anticoncepcionais ou tiveram uma pseudogestação.

O sinal mais visível da doença é o crescimento do volume das mamas, que deve ser analizada por um especialista (veterinário) para comprovação do tumor e assim encaminhada para o tratamento.

Nas cadelas o tratamento mais eficaz é a cirurgia, sabe-se que se o tumor for maligno e tiver menos que 3cm a chance da cadela se curar é bem grande. Quanto antes o tumor for diagnosticado e tratado, maior a chance de cura.