Os cães são descentes próximos dos lobos, animais que costumavam ser anti-sociais e não gostar da presença humana, porém com o tempo, alguns desses animais foram evoluindo e crescendo em meio ao convívio humano. Nesse período de evolução ocorreu a divisão dos lobos em duas classes distintas, a dos lobos selvagens e a dos que aceitavam a presença humana.

Genealogia dos cães e sua evolução

Com o passar das épocas estas duas classes foram se distinguindo cada vez mais, os lobos desenvolveram-se pra caça, uma vez que não eram alimentados por nós seres humanos, já os “lobos amigáveis” foram ficando cada vez mais próximos de nós. E 15 mil anos depois desse início de amizade, ganharam o nome de Canis familiaris, separando-se totalmente, ou quase, da espécie que descendia. Alguns hábitos foram mantidos, porém alguns cães foram deixando de lado a caça como meio de sobrevivência e também deixando de se juntar em matilhas e passando a viver com a família do seu dono.


Clique na imagem para ver em tamanho real.

As características que permaneceram, como habilidade de caça e de proteger o ambiente em que vive, por exemplo, foram sendo utilizadas pelo homem através do tempo como forma de auxiliar a vida humana, facilitando trabalhos que antes eram mais difíceis de executar.

Cães trabalhadores

Por volta de 9.000 a.C. os cães começaram a serem utilizados em pastoreio de gado e ovelhas, onde eram ensinados a guiá-los e protegê-los até mesmo dos lobos selvagens. Gerando assim uma “sensação” com os animais que passaram a ser altamente cobiçados. Estes animais basicamente eram empregados e trabalhavam pra comer, que era como um pagamento pelos serviços prestados.

Cachorros domesticados

Com a revolução industrial algumas coisas mudaram, muitos cães foram ficando “desempregados” devido à migração em massa das pessoas do campo, para a cidade e assim muitos acabaram morrendo, resultando assim em uma peneiragem dos animais, que só passavam a ser criados nas cidades se fossem suficientemente de raça dócil.

Divisão de raças

Deixando de ser usados como cães de caça, alguns cães passaram a ser usados em rinhas ou exibidos em dog shows que tiverem início na década de 1830, onde os prêmios eram divididos por raças, o que acabou por gerar estimulo para criação de novas raças que resultou nessa variedade de animais que existentes e que surgem a cada ano.

Com toda certeza essa corrida por novas raças veio pra ficar, de maneira que futuramente os cães podem ser ainda mais diferentes do que foram um dia ou do que são hoje, pois as raças estão em contínua mutação, seja ela com a ajuda do homem, ou não.