O Terrier Escocês é uma das raças de cães escocesas mais antigas. Acredita-se até que já existiam ancestrais do Terrier Escocês na época do império romano. E foram desenvolvidos para a função de caça, principalmente a animais que habitam tocas.

Características

Os cães desta raça são extremamente valentes, ativos e alegres. São cães ágeis e versáteis. Hoje em dia são usados como cão alarme e cão de companhia, apesar de não serem exatamente cães de colo, eles são muito fiéis ao seus donos. Porém não é um animal aconselhado a crianças, por não gostarem de carinho excessivo eles podem acabar sendo um pouco agressivos como maneira de revidar alguma brincadeira.

Guia da raça

Fisicamente falando. o Terrier Escocês tem a pelagem densa, com uma fina camada de óleo que dificulta a penetração da água, o que auxilia em tempos frios, ajudando a manter a temperatura do corpo do animal. As cores mais comuns neste cachorro são o preto e o cinza escuro, porém são aceitas também outras cores como o branco, por exemplo. O Terrier Escocês pode chegar aos 28cm de altura e a pesar até 9,5kg.

Curiosidades

Com relação a outros cães, a convivência pode também ser um pouco complicada, devido a sua valentia e personalidade forte. Também por isso eles devem ser adestrados desde bem jovens para que não deem um certo trabalho aos seus donos na fase adulta.

Galeria de fotos