É uma raça com suas origens na Alemanha, que recebeu esse nome devido ao formato de seu crânio ― schnauze, em alemão, quer dizer “focinho”. O Schnauzer possui três subdivisões, de acordo com seu porte: miniatura, standard e gigante.

O Schnauzer standard, o qual também podemos chamar de padrão ou original (pois esse deu origem às demais divisões), é resultante do cruzamento entre um poodle alemão com um wolfspitz e um pinscher de pelo duro. Acredita-se que conquistou grande popularidade na Europa entre os séculos XV e XVI, por conta de aparições em diversos retratos da época. Era utilizado como caçador de ratos, companhia e guarda.

Padrão da raça

Os cães da raça são, em geral, de estatura quadrada e ossos fortes. Possui uma “barbicha” que diferencia das demais raças. Seu pelo é duro, porém seu subpelo é denso e macio. Recomenda-se escovação diária, tosa e intervenções de stripping. É encontrado nas cores sal e pimenta, preto e branco. Além disso, são cães amigáveis e carinhosos, que convivem em harmonia com crianças, se forem educados para isso. São fiéis e dedicados aos donos e, consequentemente, tentam proteger seus donos de qualquer perigo. Destaca-se também sua grande inteligência.

Saúde canina

Normalmente, Schnauzers são cães saudáveis, mas correm um pequeno risco de problemas renais com o decorrer dos anos. É importante o controle dos alimentos e da água ingeridos pelo animal e da frequência de sua urina.

Galeria de fotos