É uma raça de origem asiática, mais especificamente chinesa, que foi levada primeiramente à Europa através dos holandeses da chamada Companhia das Índias e lá conquistou sua popularidade entre a nobreza. Foi o mascote de influentes como Napoleão Bonaparte e Willian, the Silent, tendo esse último sua vida salva das mãos dos espanhóis devido ao latido de seu Pug. Desde então, passou a ser conhecido como cão oficial da corte.

Padrão da Raça

A raça possui características peculiares, tais como focinho achatado e rabo em espiral. O Pug é um cão de pequeno porte, pesando entre 6 e 11 quilos e tendo entre 25 e 28 centímetros de altura, aproximadamente. Seus pelos finos e lisos podem apresentar as cores abricó-castanha, preta ou prateada. É um cão ideal para família com crianças, por conta de sua tolerância com as mesmas e seu comportamento brincalhão. Mas, além disso, também podem ser calmos e dóceis, dependendo do estilo de vida que vivem seus donos.

Genética e saúde

Quanto à saúde, há alguns cuidados essenciais para a sobrevivência de um Pug. Devido ao focinho achatado, os cães estão sujeitos a perfurações oculares e dificuldades respiratórias momentâneas. Sob altas temperaturas (aproximadamente 41º C), o Pug pode sofrer também problemas na manutenção do organismo, levando-o à morte.

Galeria de fotos