Pensando em adquirir um cão de estimação, mas não sabe se compensa comprar um cachorro de raça ou se é mais viável adotar um bichinho?! Enfim, esta é uma das principais dúvidas que se passa na cabeça de alguém que deseja adicionar mais um membro à sua família.

O primeiro passo para uma escolha correta do seu futuro cachorro é estudar a fundo todas as suas características junto com seu comportamento. Por exemplo, existem cães que precisam de doses diárias de exercícios físicos (caminhar ou passear) devido ao comportamento agitado da raça, como é o caso do Labrador, Golden Retriever, Basenji, Cocker, Border Collie, Beagle, entre outros. Outras raças já são bem mais calmas e tranquilas por natureza, comportamento típico do Buldogue Inglês, Dachshund Teckel e mais alguns cães pequenos.

É por isso que existem as raças mais indicadas para morar em apartamento, cachorros recomendados para viver com crianças, cães de guarda, cães de companhia, cães recomendados para pessoa que tem algum tipo de alergia, etc.

Evite comprar ou adotar um cachorro de raça só porque ele é bonito e está na moda. Escolha um cachorro que estará de acordo com o que você e sua família estejam dispostos a fazer por ele. Lembre sempre de verificar todas as características do seu futuro bichinho assim como seu comportamento para não se arrepender depois.

Caso não saiba se aquele filhote fofo será bagunceiro, levado ou até mesmo agressivo quando ficar adulto, procure a ajuda de um especialista no assunto. Talvez um adestrador de sua confiança e até mesmo um veterinário podem lhe dizer com mais precisão sobre o assunto.

Toda esta precaução é para você não tomar nenhuma decisão precipitada e ter que, futuramente, abrir mão deste cachorro.