O Cairn Terrier é uma das raças caninas mais antigas da Grã-Bretanha. Ela teve origem na Escócia, e segundo especialistas vem mantendo-se fiel ao seu tipo original. Eram usados na caça de animais de pequeno porte, onde tinham a função de expulsar os animais de dentro de suas tocas, facilitando assim para os caçadores.

Devido a quantidade de raças que podem ter sido cruzadas para originarem esta, não se sabe ao certo qual raça realmente ficou mais evidente no Cairn, só se sabe que a partir do Cairn foram surgindo outras raças como Westie Highland White Terrier, pois umas vez que dois Cairns eram cruzados, nasciam um exemplar branco que era banido pelos criadores.

Características

Os cães desta raça são bastante ativos, alegres, valentes e um excelente companheiro. Não gostam de ficar sozinhos, devido ao apego que tem com a família, sendo considerado o mais apegado dos Terrier.

Guia da raça

Sua pelagem é eriçada, densa e curta. Sua coloração varia entre areia, vermelho, sal-e-pimenta, quase preto e/ou cinza-rajado.

Saúde e higiene

Os cães dessa raça podem desenvolver alergias a comidas e principalmente a pulgas, portanto, deve-se manter atento a isso e levá-lo regularmente ao veterinário.

Curiosidades

Esta raça ficou muito popular nos EUA, devido a participação no filme “O mágico de Oz”, onde ele fazia o papel de cachorrinho da protagonista.

Galeria de fotos